Praça móvel - Córdoba, Colômbia

Foto: © pexels.com/Scott Webb

Foto: © pexels.com/Scott Webb

Iniciativa do designer argentino Manuel Rapoport, que cria objetos e equipamentos para recreação e lazer transportados e armazenados em contêineres, que podem ser instalados em qualquer rua. Em bairros que não têm espaços públicos, praças ou parques, as praças móveis oferecem espaços de encontro e lazer nas ruas, quase sempre destinadas aos automóveis. Tudo que compõe a praça é versátil, móvel e composto a partir de materiais reciclados ou reaproveitados. Os objetos encaixáveis, empilháveis e com rodinhas permitem diferentes configurações dependendo do espaço disponível e da criatividade das crianças, famílias e vizinhos. Há atrações para todas as idades, desde um contêiner com um museu que reúne a memória do bairro até paredes de escalada, instalações lúdicas e esculturas participativas com discos que podem ser encaixados de diferentes maneiras até pelas crianças mais novas.


Eixo
Cultura para a sustentabilidade
Dimensão
Cidade pública e interessante
ODS
Objetivo 11
Objetivos
Criar espaços de recreação em bairros com poucos espaços públicos, parques e praças. Oferecer espaços de intercâmbio e encontro para as comunidades. Facilitar o compartilhamento de experiências e estreitar os laços entre os vizinhos e as crianças. Gerar a apropriação do espaço público. Incentivar atividades ao ar livre.
Cronograma
A ideia surgiu em 2008, quando o designer morava em Buenos Aires com a esposa e os filhos e sofria com a falta de espaços públicos.

Em 2011, o projeto das Praças Móveis recebeu o prêmio Cidades Habitáveis do qual participaram designers de diferentes países.

A primeira montagem da praça móvel foi em Córdoba (Argentina), em 2011.

Em 2012, foi montada na grandiosa Tecnópolis em Buenos Aires (Argentina), a maior mostra permanente de tecnologia, ciência, indústria e arte da América Latina.

Em 2014 foi instalada no bairro de La Boca, em Buenos Aires (Argentina).
Resultados
Projeto premiado pelo concurso Cidades Habitáveis na Holanda, organizado pela Phillips, destacando-se entre 450 designers de 29 países. O projeto foi utilizado como base para uma matéria dos cursos de arquitetura, desenho industrial e design gráfico da Universidade de Buenos Aires. Depois da primeira montagem em Córdoba (Argentina), foi instalado em outras cidades da Argentina, chegando até o bairro de La Boca em Buenos Aires.
Instituições Envolvidas
Designo Patagonia; Usina Verde; Tecnópolis; Legislatura de la Ciudad Autónoma de Buenos Aires.
Contatos
[email protected]
Fontes
http://plazamovil.org/blog/
Boas práticas relacionadas