Primeiro Olhar Festival Internacional de Teatro para Bebês - São Paulo, SP, Brasil

O festival internacional Primeiro Olhar é organizado companhia de teatro hispano-brasileira “La Casa Incierta”, pioneira no campo das artes cênicas para a primeira infância, e pelo grupo brasileiro “Sobrevento”, atuante desde 1986 em São Paulo e reconhecido nacional e internacionalmente.
Segundo os idealizadores, é possível criar uma linguagem poética à altura das capacidades infinitas com que nascem os seres humanos, entendendo os bebês como espectadores ativos. As apresentações são interativas e contam com bonecos, fantoches, títeres, animações e elementos sensoriais atrativos para os pequenos.
Os locais das apresentações são adaptados para receber os bebês e seus pais, além de possuírem trocador, assentos sanitários infantis nos banheiros, brinquedoteca e estacionamento para carrinhos de bebê.

Divulgação/Grupo Sobrevento
Eixo
Cultura para a sustentabilidade
Dimensão
Cidade pública e interessante
ODS
Objetivo 11
Objetivos
Promover eventos artísticos especialmente pensados para bebês de seis meses a três anos. Preencher uma lacuna na integração social e no direito à cultura da primeira infância. Promover debates sobre teatro e cultura na primeira infância para profissionais, acadêmicos e educadores. Assegurar e expandir ações voltadas para a cultura destinada à primeira infância no Brasil.
Cronograma
A primeira edição aconteceu em 2010, no Teatro Elis Regina, em São Bernardo do Campo (SP) e foi a primeira mostra internacional de Teatro para bebês realizada no Brasil. 
Desde então, o festival ganhou espaço nos meios de comunicação por sua qualidade e pioneirismo. A segunda edição ocorreu em 2013 e teve um grande crescimento com o apoio da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, das Prefeituras de São Bernardo do Campo e de São Paulo e de instituições governamentais dos países de origem das companhias participantes. 
Ao longo das edições, o festival se ampliou e foi também a outras cidades. Além disso, foi incorporando exposições, mesas redondas e oficinas que atraem pesquisadores, educadores, agentes culturais e artistas.
Em 2017, o festival chegou à sua sexta edição.

Resultados
Realização de 6 edições do festival até o momento, com o apoio de secretarias de cultura municipais e estaduais. Participação de companhias de teatro brasileiras, espanholas, uruguaias, dinamarquesas, canadenses, francesas. Além das apresentações teatrais, são realizadas exposições, mesas redondas e oficinas para artistas, pesquisadores e educadores.
Instituições Envolvidas
Grupo Sobrevento
La Casa Incerta
PROAC - Programa de Ação Cultural da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo
Secretaria de Cultura da Prefeitura Municipal de São Bernardo do Campo
CLAC – Centro Livre de Artes Cênicas

Contatos
[email protected]

[email protected]

Fontes
http://www.sobrevento.com.br/eventos.htm

Boas práticas relacionadas